Pesquisa personalizada

segunda-feira, 24 de maio de 2010

Projeto leva comunicação e cidadania a jovens

EXPERIÊNCIA POSITIVA > ESTUDANTES DA ESCOLA MUNICIPAL MENINO DEUS PARTICIPAM DE ATIVIDADES DESDE O ANO PASSADO

fotos: Janaína Zilio/ag. assmann

Alunos do Menino Deus durante as atividades do Ecco: contato mais próximo com os sistemas de informática


Cristina Severgnini
cristina@gazetadosul.com.br




Os jovens da Escola Municipal de Educação Fundamental Menino Deus, de Santa Cruz do Sul, agora recebem um incentivo a mais para desenvolver a leitura crítica da produção midiática e saber mais sobre cidadania. Por meio das ações do projeto Ecco (Educação, Cidadania e Comunicação), da Fundação Gazeta Jornalista Francisco José Frantz, eles têm acesso democrático aos meios de comunicação. Implantado no Menino Deus em 2009, o Ecco está ganhando reforço e outros educandários já se preparam para receber o projeto.

A proposta é o desenvolvimento de atividades educomunicativas por meio da abordagem de temas como cidadania, relações sociais, meio ambiente, cultura, desenvolvimento do espírito de solidariedade e visão de mundo mais ampla. A partir dessas discussões, acontece a expressão comunicadora. No Menino Deus, as ações envolvem crianças e adolescentes de 5ª a 8ª série. Eles participam do projeto todas as quintas-feiras, juntamente com a assistente social da Fundação Gazeta, Elisângela da Silva, e com os voluntários do Ecco, os jornalistas e professores universitários Hélio Etges e Mirela Hoeltz.

Os voluntários explicam que a inclusão digital se dá por meio de comodato de computadores da marca Apple Imac – máquinas que, além de servirem para pesquisas, elaboração de blogs e produção de textos, possibilitam o contato dos alunos com uma plataforma operacional amplamente utilizada nos meios de comunicação. “A intenção é desenvolver o processo de educação junto com o que eles aprendem nas escolas e proporcionar a cidadania e a comunicação”, comenta Hélio Etges. Em 2009, as atividades foram focadas na informática e no desenvolvimento da compreensão da língua portuguesa. Em 2010 elas são direcionadas à cidadania, com o estudo do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

Para as ações, a Fundação Gazeta conta com o apoio de parceiros como a Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc), que fez a doação dos computadores. Recentemente, a empresa Mercur também passou a fazer parte do Ecco, com a doação de material escolar para o desenvolvimento das atividades. A representante da Mercur, Ana Cristina Stein, esteve na sala do projeto na última quinta-feira, para fazer a entrega dos primeiros lotes de materiais.
http://www.gazetadosul.com.br/default.php?arquivo=_noticia.php&intIdConteudo=132565&intIdEdicao=2097

Um comentário:

  1. Gosto muito dos artigos de seu Blog. Quando for possível dá uma passadinha para ver meu Curso de Informática online. Emily Nascimento

    ResponderExcluir